domingo, 15 de janeiro de 2017

Programação Cineclube da ACCPA - Janeiro/2017



Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes) - 19 h*
"O Cinema de Michelangelo Antonioni "
Dia 23 - "Deserto Vermelho"(1966)
Dia 30 - "Zabriskie Point"(1970)


Cine Líbero Luxardo - Sessão Cult - 15 h*
Dia 21 - "Testa de Ferro por Acaso"(1976) de Martin Ritt com Woody Allen.


Cine FIBRA (Auditório faculdade FIBRA) - 18 h
Dia 28 - "De-Lovely: Vidas e Amores de Cole Porter"(2003)

*Debate após a exibição
Entrada franca

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

ACCPA MELHORES DO CINEMA - 2016




ACCPA MELHORES DO CINEMA - 2016 
 1)"Aquarius" de Kleber Mendonça Filho - 65 pts
 2) "Cemitério do Esplendor" de Apichatpong Weerasethakul -60 pts
3) "O Filho de Saul" de Laszló Nemes - 42 pts
4) "A Chegada" de Denis Villeneuve - 39 pts
5) "Agnus Dei" de Anne Fontaine - 30 pts
6) "O Abraço da Serpente" de Ciro Guerra - 29 pts
7) "Cinema Novo" de Eryk Rocha - 28 pts
8) "Café Society" de Woody Allen - 27 pts
9) "Francofonia" de Alexander Sokurov - 26 pts
10) "Julieta" de Pedro Almodóvar - 24 pts


Melhor Diretor: Apichatpong Weerasethakul por "Cemitério do Esplendor"
Melhor Ator: Empate entre Leonardo DiCaprio (O Regresso), Geza Rohic (O Filho de Saul), Tom Courtney (45 Anos) e Ricardo Darín (Truman)


Melhor Atriz: Sonia Braga por "Aquarius"
Melhor Roteiro: "Os Oito Odiados"


Melhor Roteiro Adaptado: "Paulina" e "O Regresso"
Melhor Ator Coadjuvante: Empate entre Harvey Keitel por "Juventude" e Steve Carrel por "Café Society"
Melhor Atriz Coadjuvante: Jennifer Jason Leigh por "Os Oito Odiados"


Melhor Montagem: "Cinema Novo" de Eryk Rocha
Melhor Cenografia: Empate entre "Café Society", "Cemitério do Esplendor", "A Bruxa" e "O Lar das Crianças Peculiares".
Melhor Fotografia: "Cafe Society"
Melhor Trilha Sonora: "A Chegada" e "O Regresso".
Melhor Canção Original: "You got the Love" do filme "Juventude"
Melhores Efeitos Especiais: "Dr. Estranho"


Melhor Figurino: "Café Society"
Melhor Documentário: "Cinema Novo".
Melhor Animação: "Zootopia"
 Homenagem especial ao crítico de cinema e fundador da associação Acyr Castro.
Menção especial aos colaboradores da ACCPA que permitem suas ações culturais durante o ano como a Casa das Artes (Cineclube Alexandrino Moreira), Casa da Linguagem, FIBRA, Cine Líbero Luxardo, Cine Olympia e UEPA.

Relações Individuais 

PEDRO VERIANO 
1-A Chegada (Arrival) de Denis Villeneuve
2-Snowden, Herói Ou Traidor (Snowden) de Oliver Stone
3- O Filho De Saul (Saul Fla) de Laszlo Nemes
4- Agnus Dei de Anne Fontaine
5- O Regresso (The Revenant) de Gonzalez Iñaurritu
6- Trumbo, A Lista Negra (Trumbo) de Jay Roach
7- Aquarius de Kleber Mendonça Filho
8- Spotlight ,Segredos Revelados, de Tom McCarthy
9- Os 8 Odiados (The Hateful Eight), de Quentin Tarantino
10- 45 Anos (45 Years), de Andrew Haigh
Diretor : Oliver Stone (Snowden) Ator : Leonardo di Caprio (O Regresso) Atriz : Sonia Braga (Aquarius) Ator coadjuvante : Hugh Grant (Florence) Atriz Coadjuvante : Jennifer Jason Leigh (os 8 Odiados) Roteiro Original : Quentin Tarantino (Os 8 Odiados) Roteiro adaptado : Alejandro G. Iñarritu e Mark Smih (O Regresso)- de parte do texto de Michael Punk. Fotografia: Vittorio Storaro(Café Society) Musica : Stewart Lerman (Café Society) Animação : Zootopia- de Byron Howard, Rich Moore e Jared Bush Documentário : Francofonia- de A. Sokurov Edição (Montagem) : Mark Day- Animais Fantasticos e Onde Habitam (Fantastics Beasts and Where to Find Them(, Direção de arte : Michael Goldman e Dough Huszti(Café Society) Efeitos Visuais: Equipe de técnicos de Animais Fantasticos Figurino: Suzy Bensinger- Café Society Reprise: A Doce Vida Homenagem : Acyr Castro (1934-2016)– fundador da APCC

LUZIA ÁLVARES 
1.O FILHO DE SAUL (Saul Fia, Hungria, 2015), de László Nemes
2. O ABRAÇO DA SERPENTE (El Abrazo De La Serpiente, Col./Venez./Arg.,2015) de Ciro Guerra 3. A CHEGADA (Arrival, EUA, 2016), de Denis Villeneuve
4. AQUARIUS (Brasil, França, 2016), de Kleber Mendonça Filho
5. AGNUS DEI (Les Innocentes, 2016, FRA) de Anne Fontaine
6. JULIETA (2016, ESP) de Pedro Almodóvar
7. WHITE GOD (Fehér Isten, 2014, ALE/ HUN/ SWE) de Kornél Mundruczó
8. 45 ANOS (45 Years, Reino Unido, 2015) de Andrew Haigh.
9. PAULINA (LA Patota,2015, ARG/BRA/FRA) de Santiago Mitre
10. CINCO GRAÇAS (MUSTANG, 2015, FRA) de Deniz Gamze Ergüven
Melhor Diretor: László Nemes, de “O Filho de Saul”. Melhor Ator: Geza Rohric, em “O Filho de Saul” e Ricardo Darín por "Truman". Melhor Atriz: Sônia Braga, por “Aquarius” e Charlotte Rampling por “45 Anos”. Melhor Roteiro Original: László Nemes e Clara Royer , por “O Filho de Saul”. Melhor Roteiro Adaptado: Ciro Guerra, Theodor Koch-Grunberg por “O Abraço da Serpente”, baseado nos diários de viagem dos exploradores Richard Evans Schultes e Theodor Koch-Grunberg). Melhor Ator Coadjuvante: Steve Carrel em “Café Society”, de Woody Allen Melhor Atriz Coadjuvante: Jennifer Jason Leigh por “Os Oito Odiados” Melhor Montagem: Mark Day, por “Animais Fantásticos e Onde Habitam” Melhor Direção de Arte: Andrea Kristof por “A Bruxa” Melhor Fotografia:” Vittorio Storaro de “Café Society” Melhor Efeito Visual: Christopher Ahrens (e equipe de mais de 100 técnicos) por “A Chegada” Melhor Trilha Sonora: Ennio Morriconi por “Os Oito Odiados” ("L'Ultima Diligenza di Red Rock") Melhor Canção: "Til it happens to you", de Miriam Cutler, do documentário “The Hunting Ground" (2015) Melhor Figurino: Suzy Benzinger por “Café Society”, de Woody Allen Melhor Animação: ZOOTOPIA (EUA, 2015) de Byron Howard Melhor Documentário: CINEMA NOVO (2016, BRA) de Eryk Rocha HOMENAGEM ESPECIAL – Acyr Paiva Pereira de Castro (1934-2016) fundador da APCC.

MARCO ANTONIO MOREIRA CARVALHO 
1- Cemitério do Esplendor de Apichatpong Weerasethakul
2- Paulina de Santiago Mitre
3- Aquarius de Kleber Mendonça Filho
4- Cinema Novo de Eryk Rocha
5- Ovelha Negra de Grímur Hákonarson
6- Julieta de Pedro Almodovar
7- Minha Mãe de Nanni Moretti
8- Café Society de Woody Allen
9- O Abraço da Serpente de Ciro Guerra
10- Vitoria de Sebastian Schipper
Melhor Diretor: Apichatpong Weerasethakul (Cemitério do Esplendor) Melhor Ator: Leonardo Di Caprio (O Regresso) Melhor Atriz: Sonia Braga (Aquarius) Melhor Ator Coadjuvante: Oscar Martinez (Paulina) Melhor Atriz Coadjuvante: Maeve Jinkings (Aquarius) Melhor Roteiro Original: Aquarius Melhor Roteiro Adaptado: Paulina Melhor Montagem: Cinema Novo Melhor Figurino: Café Society Melhor Cenografia: Café Society Melhor Fotografia: O Abraço da Serpente Melhor Documentário: Cinema Novo Melhor Trilha Sonora: Os Oito Odiados e O Regresso (original)/ Aquarius (adaptada) Melhor Efeito Especiais: Rogue One Melhor Animação: Anomalisa 

FERNANDO SEGTOWICK 
1-Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
2-O Filho de Saul, de László Melis
3- A Bruxa, de Robert Eggers
4- Boi Neon, de Gabriel Mascaro
5- Carol, de Todd Haynes
6- Cemitério do Esplendor, de Apichaptong Weerasethakul
7- Cinema Novo, de Erick Rocha
8- A Chegada, de Denis Villeneuve
9- Julieta, de Pedro Almodovar
10- O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra
Diretor: Kleber Mendonça Filho (Aquarius) Atriz: Sonia Braga (Aquarius) Ator: Michael Fassbender (Jobs) Roteiro Original: Aquarius (Kleber Mendonça Filho) Roteiro Adaptado: Eric Heisserer (A Chegada) Fotógrafia: Diego Costa (Cemitério do Esplendor) Trilha Sonora: Johann Jóhanson (A Chegada) Edição: Cinema Novo Direção de Arte: A Bruxa

FRANCISCO CARDOSO 
01. Francofonia – Louvre sob ocupação (Alexandre Sokurov)
02. Café Society (Woody Allen)
03. A Juventude (Paolo Sorrentino)
04. 45 anos (Andrew Haigh)
05. Cemitério do Esplendor (Apichatpong Weerasethakul)
06. Aquarius (Kleber Mendonça)
07. Os Oito Odiados (Quentin Tarantino)
08. Julieta (Pedro Almodóvar)
09. Agnus Dei (Anne Fontaine)
10. A Ovelha Negra (Grímur Hákonarson)
Melhor Diretor: Alexandre Sokurov (Francofonia) Melhor Ator: Tom Courtnay (45 anos) Melhor Atriz: Charlotte Rampling (45 anos) Melhor Ator Coadjuvante: Paul Dano (A Juventude) Melhor Atriz Coadjuvante: Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados) Melhor Cenografia: Paolo Sorrentino (A Juventude) Melhor Montagem: Renato Valone (Cinema Novo) Melhor Fotografia: Caroline Champetier (Agnus Dei) Melhor Trilha Sonora: Ennio Morricone (Os Oito Odiados) Melhor Canção Original: “You Got the Love” (A Juventude) Melhor Figurino: Suzy Benzinger (Café Society) Melhor Roteiro Adaptado: Andrew Haigh (45 anos) Melhor Roteiro Original: Woody Allen (Café Society) Melhor Animação: Zootopia (Byron Howard, Rich Moore) Melhor Documentário: Cinema Novo (Eryk Rocha)

LORENA MONTENEGRO 
1 - O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra
2 - A Chegada, de Denis Villeneuve
3 – White God, de Kornél Mundruczó
4 - Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
5 – Meu Rei, de Mainwenn
6 – Depois da Tempestade, de Hirokazu Koreeda
7 – O Filho de Saul, de László Nemes
8 - Agnus Dei, de Anne Fontaine
9 – Boi Neon, de Gabriel Mascaro
10 – Youth, de Paolo Sorrentino
Melhor Diretor: Denis Villeneuve, de A Chegada - pelo conjunto da obra até então. Melhor Ator: Geza Rohric, em O Filho de Saul - e Ricardo Darín por - Truman Melhor Atriz: Sônia Braga, por Aquarius - . Melhor Roteiro: O Abraço da Serpente, de Círio Guerra e Jacques Touledome Vidal. Melhor Ator Coadjuvante: Steve Carrell, Café Society Melhor Atriz Coadjuvante: Maeve Jinkings, por Boi Neon e Aquarius Melhor Montagem: Cinema Novo, por Renato Valley. Melhor Direção de Arte: Animais Fantásticos e Onde Habitam - Melhor Fotografia: Café Society, de Vittorio Storage. Melhor Efeito Visual: Dr. Estranho / - Rogue One - . Melhor Animação: Zootopia Melhor Trilha Sonora: A Chegada, de Johan Johannsson. Melhor Documentário: Cinema Novo, pela relevância histórica e inventividade; e Eu sou Ingrid Bergman

DEDÉ MESQUITA 
1 - O Filho de Saul, de László Nemes
2 – A Chegada - , de Denis Villeneuve
3 - Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
4 - White God, de Kornél Mundruczó
5 – Agnus Dei, de Anne Fontaine
6 – A Comunidade, de Thomas Vinterberg
7 – Juventude, de Paul Sorrentino
 8 – O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra
9 – Truman, de Cesc Gay
10 – Os Oito Odiados, de Quentin Tarantino
Melhor Diretor: László Nemes, de O Filho de Saul Melhor Ator: Ricardo Darín, por Truman Melhor Atriz: Sônia Braga, por Aquarius - Melhor Roteiro: Os Oito Odiados, por Quentin Tarantino Melhor Ator Coadjuvante: Harvey Keitel, em Juventude Melhor Atriz Coadjuvante: Maeve Jinkings, em Aquarius e Boi Neon Melhor Montagem: Cinema Novo, de Renato Vallone Melhor Direção de Arte: O Lar das Crianças Peculiares - Melhor Fotografia: Café Society, de Vittorio Storaro Melhor Efeito Visual: Dr. Estranho Melhor Animação: Zootopia Melhor Trilha Sonora: A Chegada Melhor Documentário: Cinema Novo

JOSÉ AUGUSTO PACHÊCO 
1 – Francofonia
2 – Cemitério do Esplendor
3 – Cinema Novo
4 – O Regresso
5 - Café Society
6 – Aquarius
7 – 45 Anos
8 – Julieta
9 – Anomalisa
10 – Que Viva Eisenstein - 10 dias que abalaram o México
Diretor – Aleksandr Sokurov (Francofonia) Atriz coadjuvante – Jennifer Jason Leigh (Os 8 Odiados) Ator e Atriz – Tom Courtney e Charlotte Rampling (45 Anos) Montagem - Hansjörg Weißbrich (Francofonia) Fotografia - Bruno Delbonnel (Francofonia) Trilha sonora - Bryce Dessner, Carsten Nicolai, Ryûichi Sakamoto (O Regresso)

ARNALDO CORRÊA PRADO JUNIOR 
1- Cemitério do Esplendor (Cemetery of Splendor, Thailand | Reino Unido | Alemanha | França | Malásia | Coreia do Sul | Méxido | EUA | Noruega 2015), dirigido por Apichatpong Weerasethakul
2- Paulina (La Patota, Argentina, Brasil, França, 2015), dirigido por Santiago Mitre
3- As Cinco Graças (Mustang, França | Alemanha | Turquia | Qatar, 2015), dirigido por Deniz Gamze Erguven
4- Aquarius (Brasil/França, 2016), dirigido por Kleber Mendonça Filho
5- Agnus Dei (Les Innocentes, França | Polonia, 2016), dirigido por Anne Fontaine
6- Os Oito Odiados (The Hateful Eight, EUA, 2015), dirigido por Quentin Tarantino
7- A Ovelha Negra (Hrútar, Islândia | Dinamarca | Noruega | Polônia, 2015), dirigido por Grímur Hákonarson
8- Francofonia (France | Germany | Netherlands, 2015),dirigido por Alexandre Sokourov
9- Julieta (Espanha, 2016), dirigido por Pedro Almodóvar
10- Snowden (França | Alemanha | EUA, 2016), dirigido por Oliver Stone

JOSÉ OTÁVIO PINTO 
1- Cemitério do Esplendor (Apichatpong Weerasethakul)
2- Cinema Novo de Eryk Rocha
3- Motores Sagrados, de Leos Carax
4- O Cheiro da Gente, de Larry Clark
7- AQUARIUS de Kleber Mendonça Filho
8- Francofonia – Louvre sob ocupação (Alexandre Sokurov)
9- Minha Mãe de Nanni Moretti
10- Julieta (Pedro Almodóvar)

ISMAELINO PINTO 
1- Os 8 odiados
2– Café Society
3– O Regresso
4– Boi Neón
5– Cinco Graças
6– O Clube
7– O Abraço da Serpente
8– Julieta
9– Trumam
10– O filho de Saul

VICENTE FRANZ CECIM 
1 - Cemitério do Esplendor de Apichatpong Weerasethakul
MELHOR DIRETOR: Apichatpong Weerasethakul
O cinema belo e puro de Apichatpong Weerasethakul só aceita a companhia de outros cineasta igualmente belos e puros, como Bresson, Tarkovski, Ozu, Dreyer. Voto somente em Cemitério do Esplendor para o melhor filme deste ano e em Apichatpong Weerasethakul para o melhor diretor. VFC

domingo, 18 de dezembro de 2016


Cineclube Alexandrino Moreira apresenta O Cinema de Samuel Fuller


UNDERWORLD USA (A Lei dos Marginais)




 ... os filmes de Fuller não são misantropia e fatalismo gratuito [...]  Suas obras eram apelos, de alguém de fúria underground que não confiava em instituições mas sim no indivíduo. Por mais desesperados que os mesmos fossem, ninguém era mais humanos ao tentarem sobreviver em um clube onde não foram convidados. Suas existências de objetivos baratos e términos rápido são a própria essência do film noir:  a emoção contra a opressão, tripas versus cérebro. Do ponto de vista de quem é presa na cadeia alimentar e observa tudo de baixo, invisível, nas ruelas. Leia mais em https://cinecafe.wordpress.com/2011/04/13/a-lei-dos-marginais-samuel-fuller-1961/

Nesta segunda, às 7 da noite, na Casa das Artes. Entrada franca.
Debate após a exibição.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Programação Cineclube da ACCPA – Dezembro/2016

Programação Cineclube da ACCPA – Dezembro/2016


Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes)* - 19 h
“O Cinema de Samuel Fuller”
Dia 05 – “Capacete de Aço” (1951)
Dia 19 – “Underworld USA” (1961)


Cine Líbero Luxardo – Sessão Cult* - 15 h
Dia 03 – “O Invencível” (1949)
Homenagem aos 100 anos do ator Kirk Douglas


Cine FIBRA (Auditório da Faculdade FIBRA) - 18 h
Dia 17 – “Quero Viver” (1958) com Susan Hayward


Entrada franca
*Debate após a exibição

domingo, 30 de outubro de 2016

Programação Cineclube da ACCPA - Novembro/2016



Cineclube Alexandrino Moreira (Casa da Artes)
“O Cinema de Nicholas Ray” – 19 h
Dia 14 - "Amargo Triunfo" (1956)
Dia 28 - "Cinzas que Queimam" (1951)


Cine Líbero Luxardo - Sessão Cult – 14h30min
Dia 05 - "Equus" (1977) de Sidney Lumet


Dia 26 - "Esta Terra é Minha Terra" (1976) de Hal Ashby



Cine FIBRA (Auditório da Faculdade FIBRA) - 18 h
Dia 26 - "Sonhos do Passado" (1973) de John G. Avildsen




Cineclube da Casa da Linguagem (Auditório do Curro Velho) – 18 h
Dia 24 – “Universo no Olhar” (2014) de Michael Pitts 


Entrada franca


Debate após a exibição


Programação sujeita a alterações

sábado, 15 de outubro de 2016

Cineclube da ACCPA apresenta:

O Cinema de Yasujiro Ozu, com a exibição do filme "Ervas Flutuantes"



Todo aquele que ama o cinema entra, mais cedo ou mais tarde, em contato com Yasujiro Ozu. Ele é o mais quieto e delicado dos diretores, o mais humanístico, o mais sereno. Mas as emoções que fluem de seus filmes são fortes e profundas, pois refletem as coisas de que mais gostamos: pais e filhos, casamento ou a vida a sós, doenças e morte, e cuidar uns dos outros.... Entre as cenas, o diretor, por muitas vezes, faz cortes para "cenas intermediárias" - duas ou três tranquilas composições, mostrando detalhes da arquitetura, um estandarte ao vento, uma árvore ou o céu. Leia mais em http://cinemaseculoxx.blogspot.com.br/2012/05/ervas-flutuantes-1959-ukigusa.html


No Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes). Segunda, 17, às 7 da noite. Entrada franca.
Debate após a exibição. 

domingo, 2 de outubro de 2016

Programação da ACCPA - Outubro/2016

Programação da ACCPA - Outubro/2016


Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes) - 19 h
"O Cinema de Yasujiro Ozu"
Dia 17/10 - "Ervas Flutuantes"(1959)
Dia 24/10 - "Pai e Filha"(1949)


Cine Líbero Luxardo - Sessão Cult - 15 h
Dia 01/10 - "Rebecca: A Mulher Inesquecível" de Alfred Hitchcock 
(Homenagem ao crítico de cinema e escritor Acyr Castro)


Dia 29/10 - "Tudo que você queria saber sobre Sexo" de Woody Allen 
(Homenagem ao ator Gene Wilder)


Cineclube da Casa da Linguagem (Oficinas Curro Velho) - 18 h
Dia 27/10 - "Dr. Fantástico"(1964) de Stanley Kubrick
Parceria com a Academia Paraense de Ciências


Cine FIBRA (Auditório da faculdade FIBRA) - 18 h
Dia 29/10 - "Justiça para Todos"(1979) de Norman Jewison

Entrada franca
*Debate após a exibição
Programação sujeita a alterações

Arquivo do blog